terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Hoje queria vomitar o tempo

Passa o tempo devagar
naquele relógio que aparafusei na cabeça
e nada sei ainda!
Então pergunto sem cessar
Se estou certa...
Se este medo tem alguma razão de ser...
Se estas lágrimas ainda fazem algum sentido.
Depois lembro-me dos sorrisos
que já galoparam em cima dos ponteiros
quando os sonhos tinham o aroma dos nossos passos
e não encontro motivos
para que a areia hoje esteja assim tão salgada.
Já nem vejo o mar à minha frente
porque agora os meus olhos
preferem a melancolia de um rio
para pintarem tranquilamente o seu pranto...
Então, porque sabem a sal os meus dedos?
Estou enjoada...
E sempre que os meto à boca,
apetece-me vomitar com esta caneta seca
todas as palavras salgadas
que me dão a volta ao estômago,
porque este silêncio amargo e doce dá-me vómitos.

Daniela Pereira in Afectos Obsessivos

Foto de Nuno Reis-http://www.noir-sur-blanc.blogspot.com/

2 comentários:

antoniomaia disse...

Gosto, gosto bastante.
Embora procure uma estética diferente.
Esta escrita provoca-me um sentimento de medo, medo, de pensar o que vai na cabeça da autora...
Mas gosto bastante.

Continua Daniela!
venerando-te
antoniomaia

PS: também sinto medo da moderação dos comentários, lembra-me a censura, mas devo ser eu que tenho frio

blueiela disse...

:)

Entendo o teu medo da moderação dos comentários...mas tive que optar por este método para filtrar publicidades indesejadas e inúteis.
Não o faço por censura,mas sim para permitir que todas as sugestões e comentários realmente feitos com sinceridade e espírito critico tenham o seu espaço.
Não tenho medo da critica..pode magoar-me mas leio-a e aceito-a,tentando sempre ter uma resposta justa aos comentários negativos que me são feitos.
Agradeço imenso a tua atenção e dedicação à minha escrita e às palavras intensas:)

beijos

daniela